quinta-feira, 21 de maio de 2009

Shaolim e a vida motard

Wanna come for a ride?! (:


Shaolim e a censura!!

Pesssoaaalllll prometo mais actualizações brevemente, de momento não consigo mostrar-vos mais da "cultura" Chinesa :) porque estes cabr*** lembraram-se de bloquear o acesso aos blogs, como fizeram com o youtube!!!

Mal possa meto aqui todas as novidades!

beijos e abraços!

terça-feira, 12 de maio de 2009

Nostalgia!?

Nostalgia..

"Nostalgia descreve uma sensação de saudades de um tempo vivido, frequentemente idealizado e irreal.

Nostalgia é um sentimento que surge apartir da sensação de não poder mais reviver certos momentos da vida.

O interessante sobre a nostalgia é que ela aumenta ao entrar em contato com sua causa e nao diminui como o sentimento da saudade. Exemplo: se alguém sente saudades ou falta de um conhecido, este sentimento cessa ao se reencontrar a pessoa, com a nostalgia é exatamente o oposto, ao reencontrar um amigo que gostava de brincar, este sentimento nostálgico irá se alimentar e não diminuir como a saudade."


Esta é a definição wikipédica de nostalgia.


Eu, no entanto, considero que a sua definição está erradamente definida, pecando por pequenez.

Nostalgia é, sem dúvida, um arrepio de saudades de um tempo vivido, assim como uma sensação de algo que não se viverá outra vez.

Mas, a nostalgia consegue também ser aquilo que ainda não se viveu e a expectativa/certeza do que se espera vir a viver num futuro próximo. 

Aquilo que ainda não aconteceu mas que já te deixa arrepios na pele porque vai, inevitavelmente, ter de acontecer.

E porquê nostalgia?!

Porque, faltam agora dois meses para eu acabar o meu estágio em Shanghai, China, e, neste momento, sinto-me nostálgico por todos os lados.

Por aquilo que aconteceu e por aquilo que vai ter de acontecer.

Pelas pessoas inacreditáveis que conheci e pelas que ainda vou conhecer.

Pela vida inacreditavelmente e escandalosamente maravilhosamente bombástica que tenho vivido aqui, e por aquela que vou continuar a ter até determinado tempo. 

Pela confusão, pela VIDA, pelo sentimento único que se tem quando se vive numa cidade assim, pelo brilho especial que ela tem, pela minha bicicleta eléctrica que foi roubada ao 3º dia, pelas chegadas e partidas (que foram tantas), pela maneira como eu não consigo sequer exprimir-me como quero quando dela falo, pelos sem numero (sem dúvida acima de 500) de conversas que papei em chinês sem perceber um chaveiro, pela chegada e o olhar para todas as luzes de todos os arranha céus de noite quando se vem de uma qualquer viagem, pela tranquilidade que se consegue ter, mesmo vivendo no meio de 20M de pessoas, pelas aventuras que proporciona e momentos sem fim que desafiam a humanidade!!, pelas escandalosas noites e pelos escandalosos dias a seguir, pelo calor infernal, pelos chineses, e por tantas outras coisas que eu nunca vou conseguir explicar.

Por todos estas sensações, e por aquelas que vou continuar a ter diariamente até acabar este sonho sonâmbulo.

Será isto nostalgia?

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Lost in tranlation


Outro dia decidi fazer um download ilegal do filme "lost in translation", filme que eu já tinha visto e que, para além de não ter gostado, não tinha compreendido!
Como era possivel, um filme tão parado, merecer tanta atenção de todo o mundo, ganhar prémios e isto e aquilo, um filme que não retratava nada de concreto a não ser uma aventura de um maior aqui por terras asiáticas, tokyo em questão, sempre com aquela cara de abobora.
Foi no revival do mesmo que o compreendi.
E percebi-o, senti-o na pele quando o vi, num set de televisão, sentado á espera que o filmassem para um anuncio de whisky, e o realizador japuna a falar com ele num japonês hilariante a mandar umas postas de inglês, tipo "wild" ou sei lá eu o quê, sem ele perceber absolutamente nada do que ele diz, enquanto tenta sorrir e fazer poses ridiculas para a camara a ver se acertava. 
Fiquei a rir-me o filme todo só com essa cena, porque ilustra o que se vive por estas bandas....
Estou a aprender chinês, e o meu elementar, o meu básico chines n me permite ainda sequer construir uma frase, e como tal continuo ainda a viver momentos de pura loucura, com pessoas que olham para mim como um ser incompreensivel, que quer coisas e acções que eles nunca hão de perceber.
Pequenas aventuras quotidianas como pedir um shampoo num supermercado, dizer que queremos comprar comida num restaurante mas para levar embora para casa, dizer qualquer coisa mais complexa do que quero isto ou bom dia ou quero ir para ali torna-se uma aventura, e estou, neste segundo, um mestre em mimica que ninguém tem noção, imbativel em party&company e qualquer jogo que a envolva!
Viver num mundo assim, diariamente, muda-nos e acredito, como alguém me disse, ou ficamos imensamente mais pacientes com a vida e o mundo ou mais agressivos e onda "chino" de mandar tudo para o ca*****! Felizmente vivo na primeira, encontrando nesses momentos a verdadeira razão de estar deliciado por aqui estar.... esse "lost in translation" constante que tem proporcionado os inacreditáveis momentos que aqui têm visto...

segunda-feira, 27 de abril de 2009

O Luís e o Shaolim 3 : Beijing Special

Meus caros amigos e companheiros, amigas e companheiras, visitantes deste blog aventureiro de um rapaz que sonhou um dia conquistar a China e o povo Chinês através de várias formas de loucura.

Aqui vos deixo mais uma aventura do Luis com os Shaolins, desta em Beijing num taxi "especial!!!!" :D

Continuarei a actualizar o meu blog, agora com mais tempo!

beijosss e abraçoss aqui deste pequeno fim do mundo (REPUBLICA POPULAR DA CHINA) que me tem proporcionado momentos absolutamente deliciosos.


video

P.s. Mais uma vez, a banda sonora é inacreditavel!!!

quarta-feira, 15 de abril de 2009

quarta-feira, 25 de março de 2009

A batalha de claques!

É verdade....
Passadeiras na diagonal!!!!
Only in China!!!!!!!

video

:)